Pela primeira vez a esposa de um sultão de Omã faz uma aparição pública

A sultana de Omã Ahad bint Abdullah bin Hamad Al Busaidiyah preside uma cerimônia oficial no Palácio Seeb, em Muscate, Omã, para marcar o Dia Nacional da Mulher em 17 de outubro de 2020. © Oman News Agency

Ahad bint Abdullah bin Hamad Al Busaidiyah faz sua primeira aparição pública desde que o sultão Haitham se tornou governante.

Ahad bint Abdullah bin Hamad Al Busaidiyah fez sua estreia como sultana de Omã quando o sultanato marcou o Dia Nacional da Mulher com uma série de homenagens.

Ahad bint Abdullah bin Hamad Al Busaidiyah, esposa do sultão Haitham, presidiu uma cerimônia no Palácio Seeb em Muscate, capital do país, no sábado, dia 17 de outubro, para homenagear o trabalho de 50 mulheres proeminentes de Omã por seu papel na sociedade e na economia.

“Nos últimos 50 anos, as mulheres [omanis] tiveram acesso ilimitado à educação, treinamento e trabalho. Isso lhes permitiu participar de forma eficiente no processo de construção nacional, ao mesmo tempo que estavam munidas de conhecimento, leis e sistemas de governança sólida que garantiam seus direitos e garantiam seu status”, disse a sultana.

“As mulheres de Omã ocuparam seu lugar merecido nos setores público e privado e sua influência histórica rendeu-lhes elogios em casa e no exterior por meio de [trabalhos] de organizações globais de mulheres”, completou.

Ela destacou como seu marido está dando continuidade ao trabalho do falecido sultão Qaboos para colocar as mulheres em funções governamentais proeminentes.

A Dra. Fatima bint Mohammed Al Ajmi, subsecretária do Ministério da Saúde para Assuntos Administrativos, Financeiros e de Planejamento foi uma dessas mulheres foi homenageada no evento de sábado, com a Ordem de Comenda Real.

A esposa do sultão também homenageou os profissionais da área médica que lutam contra a pandemia de Covid-19.

“Gostaríamos de registrar nossa grande gratidão a nossas irmãs que trabalham no setor de saúde por sua posição nobre e seus esforços sinceros [que] constituem um escudo de segurança para nossa pátria e povo”, disse ela.

Várias mulheres omanis observaram como Seyyda Ahad está empenhada em promover as mulheres em vários campos da economia e nos compromissos sociais.

“Foi muito agradável vê-la se esforçando para homenagear mulheres que se destacam no serviço ao país. Isso incentivará mais mulheres omanis a se apresentarem, sabendo que seu trabalho árduo será apreciado e homenageado ”, disse um funcionário governamental aposentado que não quis ser identificado ao The National, jornal com sede nos Emirados Árabes Unidos.

O sultão Haitham sucedeu a seu primo, o sultão Qaboos, em janeiro.

Graduado pela Universidade de Oxford, ele já ocupou vários cargos importantes no governo.

Desde que assumiu o cargo, ele manteve o curso de seu antecessor e pressionou para modernizar e fazer o país crescer como parte do Oman Vision 2040.

Mas ele também sacudiu o Gabinete com novas nomeações e aprovou medidas difíceis para cortar orçamentos e gastos à medida que os preços do petróleo e a pandemia atingiam as finanças do país.

Quem é a sultana de Omã?

Ahad bint Abdullah bin Hamad Al-Busa’idi, filha de Abdu’llah bin Hamad Al-Busa’idi, ex-subsecretário de Justiça de Omã e governador da província de Musandam, casou-se com o príncipe Haitham bin Tariq, primo do sultão Qaboos, no final dos anos 1980. Haitham bin Tariq na época servia como secretário de relações exteriores do sultanato.

A consorte, que tem o título oficial de “Sayyida” (que se traduz como “Senhora”) e o príncipe Haitham tiveram quatro filhos: o príncipe Theyazin bin Haitham agora tem 30 anos, o príncipe Bilarab bin Haitham, 25 anos, e as princesas Thuraya bint Haitham e Omaima bint Haitham, cujas idades não foram oficializadas.

Todos pertencem à Dinastia Said, que produziu os sucessivos monarcas de Omã desde o século XVII e que até os dias de hoje nunca havia mostrado aos seus súditos o rosto da esposa do sultão.

Matéria traduzida e adaptada dos sites The National e Monarquias.com por Fernanda da Silva Flores

Publicado por Fernanda da Silva Flores

Fernanda da Silva Flores é graduada em História pela UNOPAR (2018) e possuí pós-graduação em Gestão e Organização da Escola com Ênfase em Supervisão Escolar (2019) também pela UNOPAR. Fundou o site Rainhas na História em setembro de 2016. Reside em Itajaí, Santa Catarina, Brasil.

2 comentários em “Pela primeira vez a esposa de um sultão de Omã faz uma aparição pública

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: