Lançamento da Revista Rainhas na História

Dona Amélia de Leuchtenberg por artista anonimo, década de 1830. Índia Tupi, por Albert Eckhout, c. 1641. Maria I da Inglaterra em tela atribuída a British School, início do século XVII.

Olá prezados leitores e leitoras. É com muito prazer que anuncio que hoje, 03/09/21, dou início a comercialização da Revista digital Rainhas na História.

As publicações, que serão mensais, contarão com cerca de vinte páginas ou mais que estarão recheadas de matérias exclusivas, ou seja, os textos publicados na revista ficarão restritos a mesma.

A primeira matéria que integra essa edição aborda a trajetória de uma mulher marcante do Brasil Império. Trata-se da Imperatriz Dona Amélia de Leuchtenberg, a segunda esposa de Dom Pedro I do Brasil e mãe da Princesa Dona Maria Amélia de Bragança. O texto foi escrito por Elias Lima, um assíduo pesquisador da Família Imperial Brasileira.

A matéria que se segue foi redigida por mim, Fernanda da Silva Flores, e é dedicada a história e ao desenvolvimento dos títulos usados pelos imperadores romanos, que são considerados os soberanos mais poderosos da Antiguidade Clássica, graças ao poderio militar de Roma.

Já a matéria que estampa a capa da revista foi enviada pelo historiador e pesquisador Daniel Jorge Marques Filho e fala sobre Muira Ubi, uma indígena da etnia tabajara que viveu nos primórdios da colonização portuguesa no Brasil, mais precisamente no século XVI.

Muira Ubi, que foi batizada como Maria do Espírito Santo Arcoverde, é mais conhecida por ter mantido uma relação amorosa com o português Jerônimo de Albuquerque. De sua descendência surgiu uma das famílias mais tradicionais do nordeste, cujo um dos mais importantes membros foi Dom Joaquim Arcoverde de Albuquerque Cavalcanti, que seria nomeado o primeiro cardeal da América Latina em 1905 pelo Papa Pio X.

Na coluna Neste Dia na História abordamos o casamento de Maria I da Inglaterra com Felipe II da Espanha, que viria a ser o homem mais poderoso do século no qual viveu. As razões políticas que levaram os dois a subir ao altar, a oposição a união por parte dos súditos de Maria I e as implicações políticas desse evento.

Como adquirir?

O investimento para adquirir uma edição da Revista Rainhas na História é de apenas R$ 12,90 e é feito por PIX, sendo a chave o e-mail: rainhasnahistoria@gmail.com

Ficou interessado? Envie uma mensagem para o WhatsApp (47) 9 9277-6097

A edição pode ser enviada por E-mail ou WhatsApp, como o cliente preferir.

PDF com as principais matérias:

Principais páginas:

Revista Rainhas na Historia 1° Edição (Capa)
Revista Rainhas na Historia 1° Edição (Página 3)
Revista Rainhas na Historia 1° Edição (Página 9)
Revista Rainhas na Historia 15° Edição (Página 15)
Revista Rainhas na Historia 1° Edição (Página 18)

Publicado por Fernanda da Silva Flores

Fernanda da Silva Flores é graduada em História pela UNOPAR (2018) e possuí pós-graduação em Gestão e Organização da Escola com Ênfase em Supervisão Escolar (2019) também pela UNOPAR. Fundou o site Rainhas na História em setembro de 2016. Reside em Itajaí, Santa Catarina, Brasil.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: