“Elas são basicamente apagadas”: entrevista com Paulo Rezzutti, autor de Mulheres do Brasil

Paulo Rezzutti em setembro de 2019. © Wikimedia Commons

Pesquisador e escritor paulista Paulo Rezzutti fez sucesso ao abordar grandes personagens históricas do Brasil Império. Em sua mais nova obra, publicada pela editora Leya, vai além e explora a história não contada das mulheres que foram silenciadas pela historiografia tradicional.

Continuar lendo ““Elas são basicamente apagadas”: entrevista com Paulo Rezzutti, autor de Mulheres do Brasil”

A apavorante história das mulheres de Henrique VIII (Parte 2)

Ana de Cleves, Catarina Howard e Catarina Parr foram as últimas consortes de Henrique VIII. © Wikimedia Commons

Mesmo após três casamentos fracassados Henrique VIII de Inglaterra (1491-1547) não desistiu de sua saga amorosa. Em 1537 sua terceira esposa Jane Seymour (c. 1508-1537) deu à luz um filho varão, mas mesmo assim isso não era uma garantia muito grande de estabilidade dinástica para a Inglaterra. Sendo assim Henrique se casaria mais três vezes.

Continuar lendo “A apavorante história das mulheres de Henrique VIII (Parte 2)”

A apavorante história das mulheres de Henrique VIII

Catarina de Aragão, Ana Bolena e Jane Seymour foram as três primeiras esposas do monarca inglês. © Wikimedia Commons

O Rei Henrique VIII de Inglaterra (1491-1547) pode ser descrito como um legítimo garanhão renascentista. Em sua incansável busca pelo amor – e principalmente por um herdeiro homem – ele chegou a se casar seis vezes. O destino de suas mulheres foi, na maiorias da vezes, trágico.

Continuar lendo “A apavorante história das mulheres de Henrique VIII”

Catarina de Brasov: o verdadeiro amor de Drácula

Detalhe de “A Contemplação “, de Ignace Spiridon, 1899-1900. © Wikimedia Commons

Vlad Tepes (1431-1477), governante da Valáquia, foi a inspiração para a criação do vampiro mais famoso da literatura ocidental. O livro ‘Drácula’, escrito pelo irlandês Bram Stoker (1847-1912), foi publicado pela primeira vez em 1897 e segue até os dias de hoje fascinando gerações de leitores e inspirando inúmeras obras cinematográficas, mas poucos sabem quem foi o homem por trás do mito e muito menos a identidade de seu grande amor.

Continuar lendo “Catarina de Brasov: o verdadeiro amor de Drácula”

Dona Teresa Cristina, a imperatriz exilada (1822-1889)

Retrato de Teresa Cristina das Duas Sicílias, por Victor Meirelles, 1864. © Wikimedia Commons

Dona Teresa Cristina foi imperatriz consorte do Brasil por quase 50 anos, mas segue sendo uma das grandes incógnitas de nossa história devido a excessiva publicidade dada a seu marido Dom Pedro II do Brasil. Ao longo de sua vida Dona Teresa Cristina foi imperatriz, mãe, esposa, incentivadora das artes e acima de tudo uma mulher persistente. Acabou seus dias exilada.

Continuar lendo “Dona Teresa Cristina, a imperatriz exilada (1822-1889)”
%d blogueiros gostam disto: